Bariloche é um destino que há bastante tempo os brasileiros estão de olho. Muitos associam imediatamente o lugar à neve, mas Bariloche oferece uma diversidade de experiências, sendo um destino atrativo também durante o verão. 

Além de aproveitar a neve, a cidade proporciona paisagens encantadoras ao longo do ano, com montanhas cobertas de vegetação, lagos de cores deslumbrantes, atividades ao ar livre e uma culinária deliciosa. 

Seja qual for a estação em que você visita, Bariloche promete uma experiência memorável. 

Onde fica Bariloche

Bariloche fica no sudoeste da Argentina, na província de Río Negro, na região da Patagônia. A cidade fica na beira do Lago Nahuel Huapi, envolvida pela Cordilheira dos Andes.

Existe na região grandes regiões de florestas de coníferas é outra marca distintiva da geografia de Bariloche. 

A cidade em si é caracterizada por uma arquitetura alpina encantadora, com influências suíças e alemãs. Bariloche é famosa por sua gastronomia, destacando-se pela produção de chocolates, cervejas artesanais e pratos típicos da região.

Seguro Viagem para Europa por 7 dias:

Como chegar em Bariloche

Para quem prefere voar, o Aeroporto Internacional de San Carlos de Bariloche (Aeroporto Teniente Luis Candelaria – BRC) é a principal porta de entrada. Após desembarcar, os visitantes podem pegar um táxi ou aluguel de carros para chegar ao centro da cidade, que fica a cerca de 13 quilômetros do aeroporto.

Os viajantes podem optar por ônibus de longa distância, oferecendo uma alternativa acessível para chegar à região. Além disso, você pode ir de carro e ter a oportunidade de apreciar as paisagens ao longo do caminho.

Outra opção menos convencional é por meio de cruzeiros pelos lagos da região. Essa alternativa oferece uma experiência única, permitindo que os visitantes cheguem a Bariloche navegando pelos lagos patagônicos, como o Lago Nahuel Huapi.

Quando ir a Bariloche

A resposta dependerá das preferências e expectativas individuais ao explorar essa região encantadora.

Muitos turistas são atraídos pela ideia de experimentar o inverno na Patagônia, vendo a neve, praticando esqui e aproveitando as temperaturas frias. Se esse é o seu objetivo, a temporada mais indicada é durante o inverno, de junho a setembro. 

Nesse período, Bariloche se transforma em um cenário coberto de neve, com temperaturas médias em torno de 2,5ºC.

O verão, de dezembro a maio, também oferece várias atrações na região. Durante essa época, é possível explorar bosques e parques naturais e desfrutar de temperaturas um pouquinho mais quentes.

Uma vantagem adicional é que, na baixa temporada, os preços tendem a ser mais acessíveis, e as temperaturas variam entre 14ºC e 20ºC.

Viaje para Bariloche no verão

Durante essa estação, os bosques e parques naturais ao redor de Bariloche ganham destaque, oferecendo vários tipos de atividades ao ar livre. 

Nos meses mais quentes, as opções de lazer se expandem, permitindo que os turistas aproveitem esportes aquáticos nos belíssimos lagos da região. 

Passeios de caiaque ou veleiro pelo Lago Nahuel Huapi tornam-se uma escolha popular, oferecendo vistas espetaculares das paisagens circundantes.

Para os amantes de aventura e adrenalina, o verão em Bariloche oferece uma gama diversificada de atividades, como rafting, trilhas, tirolesas e passeios por pontes suspensas. 

Além disso, os bosques e parques naturais ao redor de Bariloche tornam-se destinos ideais para caminhadas, permitindo que os visitantes se conectem com a fauna e a flora locais. 

A prática de arvorismo e a descoberta das paisagens únicas da Patagônia por meio de caminhadas oferecem uma experiência enriquecedora.

A vantagem da baixa temporada inclui preços mais acessíveis, tornando a viagem ainda mais atrativa para aqueles que preferem evitar o frio mais intenso.

Viagem para Bariloche no inverno

Ao decidir sobre as atividades em Bariloche durante o inverno, a escolha óbvia é esquiar. Durante esse período, as estações de esqui recebem uma grande quantidade de turistas ansiosos para se aventurarem nas pistas.

A diversidade das pistas permite que tanto os esquiadores iniciantes quanto os mais experientes desfrutem da experiência de deslizar sobre a neve. 

A região central de Bariloche também proporciona a oportunidade de explorar outras áreas cobertas pela neve. Passeios por esse cenário gelado podem revelar paisagens oferecer uma visão única das belezas naturais da Cordilheira dos Andes.

Uma outra opção encantadora é embarcar em um passeio de barco pelos lagos próximos às montanhas. Os trajetos, além de serem visualmente deslumbrantes, proporcionam uma perspectiva única das paisagens alpinas no inverno.

O que fazer em Bariloche

Bariloche possui vários pontos turísticos que devem ser obrigação de quem visita a região visitar. Dentre os principais, encontram-se:

Cerro Catedral

Parque Nacional Nahuel Huapi

Localizado a cerca de 19 quilômetros do centro da cidade, o Cerro Catedral é uma majestosa montanha que se destaca como um dos principais centros de esqui da América do Sul.

No período do inverno, o Cerro Catedral oferece uma diversidade de trilhas destinadas a praticantes de esqui com diferentes níveis de habilidade. Com uma infraestrutura completa, incluindo teleféricos e serviços de aluguel de equipamentos.

Fora da temporada de inverno, o Cerro Catedral também é um destino popular para caminhadas e atividades ao ar livre, revelando uma beleza natural diferente.

Segurança é essencial

Durante as suas viagens, é importante se sentir seguro. Mesmo se o local do seu destino tiver uma boa segurança pública, alguns imprevistos podem acontecer e te deixar desamparado em um lugar desconhecido. É aí que o Melhor Seguro entra.

O site de seguros de viagem proporciona uma gama de opções de pacotes, dentre as diversas seguradoras parceiras e encontra o que mais se adequa ao que você precisa.

Com uma plataforma bem simples e fácil de ser entendida, o Melhor Seguro facilita a busca e contratação do seguro de viagem ideal para cada viajante. 

Circuito Chico

Parque Nacional Nahuel Huapi

O passeio pelo Circuito Chico geralmente começa na Av. Bustillo, uma estrada que margeia o Lago Nahuel Huapi. Ao longo do trajeto, os viajantes têm a oportunidade de contemplar vistas espetaculares do lago, das montanhas circundantes e da península de Llao Llao.

Um dos pontos altos do Circuito Chico é o famoso Hotel Llao Llao. Muitos visitantes aproveitam para fazer uma breve parada e apreciar a arquitetura do hotel e a vista para a Cordilheira dos Andes.

Outro destaque do percurso é o Mirante do Cerro Campanario, uma elevação que proporciona uma visão panorâmica de 360 graus da região. A vista do topo inclui os lagos Nahuel Huapi e Perito Moreno, a península de Llao Llao e as montanhas.

O Circuito Chico oferece ainda a oportunidade de explorar o Parque Municipal Llao Llao, uma área de beleza natural, com trilhas para caminhadas.

Cerro Campanário

Parque Nacional Nahuel Huapi

O Cerro Campanario representa um dos pontos imperdíveis de Bariloche. Localizado bem próximo do centro da cidade, este monte oferece uma visão panorâmica espetacular da região, sendo reconhecido como um dos mirantes mais espetaculares globalmente.

A subida até o topo pode ser feita de diversas maneiras, seja através de trilhas ou por meio do teleférico.

Além da vista deslumbrante, o topo do Cerro Campanario abriga uma cafeteria, oferecendo aos visitantes a oportunidade de relaxar, tomar um cafézinho ou lanche enquanto aproveitam a vista.

Lago Nahuel Huapi

Parque Nacional Nahuel Huapi

Esse lago, de origem glacial, é um dos maiores e mais impressionantes da Patagônia. Sua beleza é marcada por águas cristalinas cercadas por montanhas, formando um cenário de tirar o fôlego.

Passeios de barco são uma maneira popular de apreciar o lago e admirar as paisagens que o cercam.

Além disso, as praias ao longo do Nahuel Huapi proporcionam espaços tranquilos para relaxar e apreciar a natureza. 

O lago cria um ambiente propício para atividades como pesca, canoagem e até mesmo mergulho, permitindo que os visitantes se conectem mais intimamente com essa maravilha natural.

Cerro Otto

Parque Nacional Nahuel Huapi

O Cerro Otto é uma das montanhas que pontilham a paisagem em torno de Bariloche. Para chegar lá em cima, o teleférico é uma opção. 

Ao atingir o ponto mais alto, os visitantes têm uma vista deslumbrante do Lago Nahuel Huapi, da cidade de Bariloche, das montanhas circundantes e  até mesmo dos picos dos Andes.

Lá também tem a Confeitaria Giratória, uma estrutura que gira lentamente, permitindo que as pessoas comam e tenham várias visões diferentes das paisagens da região.

Centro Cívico de Bariloche

O Centro Cívico de Bariloche mostra a influência arquitetônica suíça que caracteriza muitas construções em Bariloche.

No Centro Cívico, os visitantes encontram várias construções nesse estilo, incluindo a Prefeitura, a Catedral de São Carlos de Bariloche e a Biblioteca Sarmiento. 

A arquitetura desses edifícios é notável por suas características alpinas, com telhados inclinados e detalhes que remetem a uma estética européia.

No inverno, a praça é decorada com elementos típicos da temporada, como árvores iluminadas e decorações festivas.

Uma das características mais distintivas do Centro Cívico é a Torre do Relógio, que se destaca no horizonte e oferece uma vista panorâmica da cidade e dos arredores.

Isla Victoria e Bosque de Arrayanes

A Isla Victoria e o Bosque de Arrayanes são dois destinos que ficam no Lago Nahuel Huapi. 

A Isla Victoria é a maior ilha da região e é acessível por meio de passeios de barco que partem de Bariloche. Chegando na ilha, você vai ver a região rodeada por florestas, trilhas para caminhadas e praias isoladas. 

Próximo à ilha, encontra-se o Bosque de Arrayanes, que abriga uma espécie única de árvores, os Arrayanes, conhecidos por sua casca de cor canela. 

Uma trilha de aproximadamente 12 quilômetros serpenteia pelo bosque, proporcionando aos visitantes uma experiência envolvente em meio a uma vegetação exuberante e árvores extraordinárias.

Parque Nacional Nahuel Huapi

Parque Nacional Nahuel Huapi

Estabelecido em 1934, o parque oferece várias atividades, desde caminhadas até jogos de inverno, proporcionando aos visitantes uma experiência envolvente na natureza. 

Puerto Blest e Cascata Los Cántaros

Puerto Blest, acessível por meio de passeios de barco a partir de Puerto Pañuelo, cativa com suas águas cristalinas e paisagens montanhosas. No lugar, os visitantes podem se aventurar por trilhas naturais e visitar a Capela de Santa Inês.

A Cascata Los Cántaros fica no caminho entre Puerto Blest e o Lago Frias. Cercada por uma floresta, a cascata desliza por rochas formando um espetáculo visual. 

Hotéis em Bariloche

Transportes em Bariloche

Bariloche oferece uma variedade de opções de transporte, incluindo um sistema de ônibus urbanos, táxis e remises para deslocamentos locais. 

Alugar carros é comum para explorar a região, proporcionando flexibilidade. Passeios de barco pelos lagos são uma experiência encantadora. 

Transferências do aeroporto e aluguel de bicicletas também estão disponíveis. 

O que fazer em Bariloche com crianças

Bariloche é um destino ideal para famílias com crianças, oferecendo uma gama diversificada de atividades adequadas aos pequenos. 

Todas as outras atividades mencionadas anteriormente você pode fazer com as crianças, mas tem outra que é para todas as idades. O Museu do Chocolate possui uma variedade gigante de chocolates e também dá para aprender mais sobre como é feito.

O que fazer em Bariloche à noite?

cervejarias e pubs: explore as cervejarias locais e pubs que oferecem uma variedade de cervejas artesanais. O ambiente descontraído é ideal para relaxar após um dia de atividades;

casino de Bariloche: experimente a sorte no Casino de Bariloche, que oferece jogos de azar e entretenimento noturno;

discotecas e bares noturnos: para quem procura mais agitação, Bariloche possui discotecas e bares noturnos que animam a noite com música e dança;

observação das estrelas: em noites claras, a observação das estrelas pode ser uma atividade encantadora. Algumas empresas locais oferecem passeios para observar os astros à noite.

Seguro Viagem para Bariloche

Preparando-se para explorar as belezas de Bariloche? O Melhor Seguro Viagem está presente para assegurar que sua viagem seja repleta de experiências memoráveis.

Ao escolher o Melhor Seguro Viagem, você terá acesso a uma cobertura médica completa, assegurando que despesas médicas e hospitalares sejam atendidas em qualquer eventualidade. 

O serviço de atendimento está disponível 24 horas por dia, pronto para ajudar em qualquer emergência e garantir que sua experiência em Bariloche seja verdadeiramente memorável.

Veja a neve sem sair do continente

O que você achou do texto? Bariloche é uma cidade que não precisa ter muito dinheiro para conhecer. Agora que você sabe um pouco mais, não perca tempo!

Veja Também:

Taggeado em: