O Canadá se tornou um dos principais destinos do Brasil e do mundo. Seja para um intercâmbio, viagem para lazer ou até para morar, o Canadá recebe cada vez mais pessoas.

Seja para motivos relacionados a trabalho e negócios, turismo ou estabelecimento de residência permanente, há várias opções disponíveis.

Neste texto, vamos explorar os diferentes tipos de vistos oferecidos para o Canadá, detalhando as finalidades e requisitos de cada um. 

Acompanhe para obter uma compreensão abrangente das opções disponíveis e orientações sobre como proceder com sua solicitação.

Visto para o Canadá

Seguro Viagem para América do Norte por 7 dias

Diferentes categorias de visto para o Canadá

Cada um desses vistos possuem uma finalidade específica. Portanto, você deve analisar qual é a sua situação de viagem e saber como conseguir o ideal.

Para estudos de até 24 semanas (SX-1)

O visto canadense para estudos de curta duração, também conhecido como visto SX-1, é destinado a estudantes que desejam participar de cursos no Canadá com duração de até 24 semanas. 

Esses cursos podem incluir programas de língua inglesa ou francesa, cursos de curta duração, workshops ou programas de atualização profissional.

Para conseguir o visto SX-1, os requerentes normalmente devem mostrar uma carta de aceitação de uma escola no Canadá e demonstrar que têm dinheiro o bastante para cobrir seus gastos enquanto estiverem no país.

É importante também demonstrar vínculos com seu país de origem (como emprego, propriedade ou família) para garantir sua saída do Canadá após a conclusão do curso, além de atender a outros requisitos específicos determinados pelas autoridades de imigração.

É importante ressaltar que o visto SX-1 não permite que os estudantes trabalhem enquanto estiverem no Canadá, a menos que o curso em que estão matriculados inclua um componente de trabalho ou estágio como parte integrante do programa.

Visto de negócios (B-1)

O visto canadense de negócios, também conhecido como visto B-1, é projetado para indivíduos que desejam viajar para o Canadá com o propósito de conduzir atividades comerciais temporárias. 

O visto B-1 é uma ferramenta valiosa para empresários, investidores e profissionais que buscam explorar oportunidades comerciais no Canadá. 

Ele permite que os portadores do visto participem de atividades comerciais específicas durante sua estadia no país, mas não autoriza o emprego remunerado no Canadá nem o estabelecimento de residência permanente.

Para obter o visto B-1, os candidatos geralmente precisam fornecer documentação que comprove o propósito da viagem e a natureza das atividades comerciais planejadas. 

Isso pode incluir convites de empresas canadenses, comprovantes de inscrição em conferências ou eventos comerciais, cartas de intenção de negócios, entre outros documentos relevantes.

Além disso, os requerentes devem demonstrar que possuem laços substanciais com seus países de origem, como emprego estável, propriedade, vínculos familiares ou outros compromissos que garantam sua saída do Canadá após o término.

É importante ressaltar que o visto B-1 é válido apenas para atividades comerciais temporárias e não concede residência permanente no Canadá. 

Visto de turismo (V-1)

O visto canadense de turismo, também conhecido como visto V-1, é destinado a pessoas que desejam visitar o Canadá temporariamente para fins de lazer, turismo ou visitas a amigos e familiares.

Para solicitar o visto V-1 para o Canadá, os interessados geralmente precisam fornecer uma variedade de documentos. Isso inclui um passaporte válido, prova financeira, bem como comprovação de laços pessoais e financeiros sólidos com seu país de origem. 

Pode haver outras exigências específicas determinadas pelo órgão de imigração do Canadá.

É importante ressaltar que o visto V-1 não autoriza o emprego remunerado no Canadá, nem concede residência permanente no país. 

Não tenha dores de cabeça na viagem

Não deixe que preocupações com imprevistos atrapalhem sua aventura! O Melhor Seguro, oferece uma variedade de opções de seguro viagem para atender no que precisar, proporcionando uma cobertura completa para você e seus familiares.

Nosso processo de compra de seguros é simples e descomplicado. Com apenas alguns cliques em nosso site intuitivo, você pode selecionar o plano que melhor atende às suas necessidades e garantir sua proteção em minutos.

Visto de trânsito (VH-1) 

O visto canadense de trânsito, também conhecido como visto VH-1, é projetado para viajantes que desejam fazer uma parada temporária no Canadá durante sua viagem para outro destino. 

Este tipo de visto é necessário para cidadãos de certos países que não são isentos de visto para o Canadá e que estão fazendo uma conexão em um aeroporto canadense em rota para outro país.

O visto VH-1 permite que os viajantes façam uma parada de curta duração no Canadá, geralmente com uma duração máxima de 48 horas, enquanto aguardam sua conexão para o destino final. 

Durante esse período, os viajantes podem sair do aeroporto e explorar as áreas de trânsito do Canadá, desde que cumpram os requisitos estabelecidos pelas autoridades de imigração.

Os viajantes geralmente precisam apresentar uma série de documentos, incluindo um passaporte válido, bilhetes de avião que comprovem a viagem de trânsito contínua, visto válido ou elegibilidade para entrada no país de destino.

Super Visa (PG-1)

O Super Visa, também conhecido como visto PG-1, é um tipo especial de visto canadense destinado aos pais e avós de cidadãos ou residentes permanentes do Canadá. 

Este visto permite que pais e avós visitem seus familiares no Canadá e permaneçam por longos períodos de tempo, geralmente até dois anos consecutivos em cada visita, sem a necessidade de renovar seu status.

Este visto é uma ótima opção para aqueles que desejam passar tempo significativo com seus entes queridos no Canadá, fornecendo a flexibilidade de estadias prolongadas sem a necessidade de aplicar para um novo visto com tanta frequência.

Para serem elegíveis ao Super Visa, os solicitantes devem cumprir determinados requisitos. Isso inclui receber uma carta do residente do Canadá, demonstrar fortes laços familiares e financeiros com seu país de origem.

É preciso também mostrar que podem financiar sua estadia no Canadá sem recorrer à assistência social e possuir um seguro de saúde privado válido para cobrir suas despesas médicas enquanto estiverem no país.

Vale notar que o Super Visa é um visto temporário e não concede residência permanente no Canadá. 

Permissão de Estudos (Study Permit)

Visto para o Canadá

O Study Permit, conhecido como Permissão de Estudos, é um certificado concedido pelo governo do Canadá, permitindo que estudantes de outros países frequentem instituições de ensino específicas dentro do país.

Para obter uma permissão de estudos, os estudantes devem ser aprovados por um uma escola ou universidade específica. 

Eles também devem demonstrar que têm meios financeiros suficientes para cobrir as mensalidades escolares, despesas de vida e outros custos associados ao seu programa de estudo no Canadá. 

Uma vez concedida, a Permissão de Estudos permite que os estudantes estrangeiros permaneçam no Canadá pelo período de estudo indicado em sua carta de aceitação da instituição educacional. 

Eles também podem ter permissão para trabalhar em tempo parcial enquanto estudam e em tempo integral durante os intervalos programados, como férias de verão.

É importante notar que a Permissão de Estudos não é um visto em si, mas sim um documento que permite que os estudantes estrangeiros estudem no Canadá. 

Dependendo da nacionalidade do estudante, pode ser necessário obter um visto de residente temporário (Temporary Resident Visa) ou uma Autorização Eletrônica de Viagem (eTA) para entrar no Canadá, além da Permissão de Estudos.

Permissão de Trabalho (WorkPermit)

Esse tipo de visto é solicitado ao governo por uma empresa, que irá garantir um emprego ao estrangeiro. Para isso, é necessário o LMA  (Labour Market Impact Assessment), um documento que formaliza esse convite.

Esse certificado é feito pela Humans Resources Canadá, o órgão trabalhista responsável pelos processos relacionados a essa esfera.

Visto online (ETA) para o Canadá

O Visto Eletrônico (ETA – Electronic Travel Authorization) para o Canadá é um documento que possibilita que pessoas de certos países entrem no Canadá para fins de turismo, negócios ou trânsito sem precisar usar um visto tradicional de papel. 

O sistema simplificado de autorização de viagem foi introduzido para facilitar e agilizar o processo de entrada no Canadá para viajantes de países selecionados.

Como solicitar ETA canadense?

Para solicitar um ETA, os viajantes podem preencher um formulário online, fornecendo informações pessoais básicas, como nome, data de nascimento, passaporte e detalhes da viagem. 

Uma vez submetido, o pedido é geralmente processado bem rápido. Quando aprovado, o ETA é incluido ao passaporte do requerente e tem validade de até cinco anos, ou até a data de vencimento do passaporte.

É importante notar que o ETA não é um visto de entrada, mas sim uma autorização de viagem eletrônica para entrar no Canadá. 

Ele permite que os viajantes embarquem em um avião para o Canadá, onde serão entrevistados por um oficial de imigração no ponto de entrada, que tomará a decisão final sobre a admissão no país.

É muito difícil tirar o visto canadense?

Obter um visto canadense para cidadãos brasileiros não é necessariamente difícil, mas requer seguir os procedimentos corretos e fornecer documentação adequada para atender aos requisitos das autoridades de imigração do Canadá. 

Como tirar o visto canadense – passo a passo

Visto para o Canadá

Identifique seu tipo de visto

Um dos passos essenciais ao solicitar um visto é identificar corretamente o tipo de visto que melhor se adequa ao propósito de sua viagem.

Por exemplo, se você está planejando visitar o Canadá para fins turísticos, um visto de turismo seria a opção apropriada. 

É crucial saber qual será o tipo que você precisa, pois cada categoria possui seus próprios critérios e processos. Solicitar o tipo errado de visto pode resultar em atrasos no processo de aplicação ou até mesmo na recusa do visto.

Receba os resultados

Ao iniciar o pedido do visto, é importante acessar o site oficial do órgão responsável pela emissão de vistos para o país de destino, no caso do Canadá, o Immigration, Refugees and Citizenship Canada (IRCC). 

Em seguida, os requerentes devem selecionar o tipo de visto que desejam solicitar e preencher o formulário de aplicação correspondente. Este formulário geralmente requer informações pessoais, detalhes do passaporte, histórico de viagens e intenções de viagem

Durante o preenchimento do formulário, é importante fornecer informações precisas e completas, pois qualquer erro ou omissão pode resultar em atrasos no processamento do visto ou até mesmo na recusa da aplicação.

Realize o agendamento

Um passo crucial para obter um visto canadense é realizar o agendamento online para uma entrevista ou entrega de documentos através do site oficial do Immigration, Refugees and Citizenship Canada (IRCC). 

Os requerentes podem selecionar o local, data e horário disponíveis para o agendamento e devem seguir as instruções cuidadosamente, garantindo que forneçam informações precisas para o processo avançar sem problemas.

Efetue o pagamento das taxas

Um passo essencial no processo de obtenção do visto canadense é efetuar o pagamento das taxas associadas à solicitação do visto. Os valores das taxas variam, a depender qual será o visto e das políticas atualizadas do Immigration, Refugees and Citizenship Canada (IRCC). 

Por exemplo, para um visto de visitante individual, a taxa de processamento é de CAD$ 100, enquanto para famílias ou grupos que aplicam juntos, a taxa é de CAD$ 500. 

Há uma taxa de biometria de CAD$ 85 aplicável para certos tipos de visto, como vistos de estudo ou trabalho.

Envie o seu passaporte

Após concluir o processo de solicitação do visto canadense e efetuar o pagamento das taxas aplicáveis, o próximo passo é enviar o seu passaporte para o Immigration, Refugees and Citizenship Canada (IRCC) ou para o centro de solicitação de visto designado. 

O passaporte é um documento essencial para a emissão do visto, pois será carimbado com o visto concedido uma vez aprovado. 

É importante seguir as instruções fornecidas pelo IRCC sobre como enviar o passaporte, incluindo o método de entrega e quaisquer formulários de acompanhamento necessários. 

Geralmente, os requerentes recebem um número de rastreamento para acompanhar o status de entrega do passaporte.

Qual o valor para ter visto para o Canadá?

Para viajar para o Canadá, você pode optar por uma Autorização Eletrônica de Viagem (eTA) ou um visto tradicional, dependendo de seus planos e necessidades. 

A taxa para uma eTA é de CAD$ 7, enquanto para um visto tradicional, o custo é de CAD$ 100. Para grupos com mais de 5 pessoas, há uma taxa especial de CAD$ 500.

Para um visto de turismo, a taxa é de CAD$ 216, enquanto para um visto de estudos acima de 6 meses, a taxa é de CAD$ 266. Um visto de trabalho tem uma taxa de CAD$ 271, e um visto de trânsito custa CAD$ 116.

É importante notar que a validade de um visto temporário, como para turismo ou cursos de intercâmbio, pode ser de até 10 anos. Durante cada visita, a permanência máxima permitida é de até 180 dias.

Viaje para o Canadá com segurança

Prepare-se para a aventura de uma vida no majestoso Canadá, sabendo que você está protegido em todas as etapas da jornada. 

No Melhor Seguro, entendemos a importância de uma viagem tranquila e sem preocupações, e é por isso que oferecemos os melhores seguros de viagem para o seu destino canadense.

Com o Melhor Seguro, você pode relaxar e aproveitar cada momento, sabendo que está coberto em caso de assitência de saúde, perda de malas, atrasos de viagem e muito mais. 

Saiba qual escolher corretamente

Agora que você já conhece os tipos de vistos, basta ver qual se associa com a sua necessidade e partir para o Canadá!

Veja Também:

Taggeado em: