Durante os anos, após o surgimento da eletricidade, cada país adotou suas medidas e padrões de uso dessa descoberta incrível. 

Além das diferenças na voltagem dos aparelhos elétricos, os padrões de tomadas também foram estabelecidos de maneira independente.

Esses padrões variam amplamente em todo o mundo, e muitas vezes resultam em desafios para os viajantes e para a indústria de eletrônicos. 

A diversidade de tomadas elétricas dificulta a padronização global, levando a diferentes formatos e sistemas em diferentes regiões.

A busca por uma padronização internacional sempre foi uma aspiração, visando facilitar a vida dos consumidores e promover a interoperabilidade global. No entanto, as barreiras técnicas e políticas muitas vezes tornam difícil alcançar um comum.

Conheça agora alguns dos diversos titãs de tomadas que existem e se prepare para as suas viagens internacionais futuras.

Qual é o padrão de tomada na Europa?

Na Europa, existem vários tipos de padrões de tomadas, sendo os mais comuns o tipo C, com dois pinos redondos, e o tipo F, semelhante ao tipo C, mas com um pino de aterramento adicional. 

O tipo E também é utilizado em alguns países europeus e possui dois pinos redondos, com um pino de aterramento. 

O Reino Unido utiliza o tipo G, que possui três pinos retangulares. Essa variedade de padrões pode tornar necessário o uso de adaptadores ao viajar pela Europa para garantir a compatibilidade de dispositivos eletrônicos com as tomadas locais.

Qual a voltagem na Europa?

Na Europa, a voltagem padrão para eletricidade doméstica é geralmente de 230 volts, com uma frequência de 50 hertz. Essa padronização na voltagem permite uma consistência na alimentação elétrica em grande parte do continente. 

No entanto, é importante observar que algumas regiões podem apresentar ligeiras variações, e é sempre recomendável verificar a voltagem específica do país que você está visitando.

A escolha de 230 volts como padrão na Europa é resultado de esforços para promover uma maior uniformidade entre os países membros da União Europeia. 

Essa harmonização simplifica o comércio de equipamentos elétricos, promove a segurança e facilita a mobilidade de pessoas e bens dentro da União Europeia.

A voltagem de 230 volts é considerada segura para uso doméstico e é capaz de alimentar uma variedade de dispositivos elétricos com eficiência. 

A padronização contribui para a fabricação de aparelhos eletrônicos que podem ser comercializados em toda a Europa sem a necessidade de ajustes significativos na voltagem.

Ao viajar para a Europa, é essencial verificar se seus dispositivos eletrônicos são compatíveis com a voltagem local. Caso contrário, será necessário o uso de um transformador de voltagem para evitar danos aos aparelhos. 

Muitos dispositivos modernos, como laptops e carregadores de smartphones, são projetados para operar em uma ampla faixa de voltagens, o que simplifica a adaptação a diferentes sistemas elétricos.

Seguro Viagem para Europa por 7 dias:

Precisa levar adaptador de tomada para Europa?

Ao viajar para a Europa, é altamente recomendável levar adaptadores de tomada, uma vez que o continente apresenta uma diversidade de padrões elétricos em diferentes países. 

Levar adaptadores de tomada é fundamental para garantir que seus dispositivos eletrônicos possam ser conectados nas tomadas locais. 

Isso é essencial não apenas para carregar dispositivos pessoais, como smartphones e laptops, mas também para a utilização de equipamentos comuns, como secadores de cabelo, carregadores de bateria e outros aparelhos elétricos.

Embora muitos hotéis e acomodações possam fornecer adaptadores temporários ou até mesmo ter tomadas universais, não é seguro presumir que isso sempre estará disponível. 

Ter seu próprio adaptador de tomada garante que você estará preparado para qualquer situação, especialmente ao se deslocar para áreas fora das zonas turísticas mais tradicionais.

Qual adaptador de tomada levar para Europa?

Isso vai depender de que região e país da Europa você vai, pois existem diversos tipos no continente.

No entanto, um adaptador de tomada que seja versátil o suficiente para atender a uma ampla gama de padrões comuns na Europa é o tipo C/F.

Como funciona um adaptador de tomada na Europa?

Um adaptador de tomada para a Europa funciona como um conector intermediário entre o plugue do seu aparelho eletrônico e a tomada local. 

A maioria dos adaptadores de tomada para a Europa possui uma entrada que se encaixa nos plugues utilizados no seu país de origem. Na extremidade oposta do adaptador, há um formato que se adequa à tomada no país que você está visitando. 

É sempre bom garantir que o plugue do seu aparelho esteja bem dento do adaptador, em seguida, insira o adaptador na tomada local. 

É essencial entender que um adaptador de tomada apenas faz a adaptação física do plugue, não altera a voltagem. Caso haja diferenças, pode ser necessário o uso de um transformador de voltagem.

Modelos de tomada padrão europeu

Ao longo do tempo, diferentes regiões desenvolveram modelos específicos, resultando em uma variedade de padrões. Logo abaixo estão alguns dos principais tipos:

Tomada tipo C

Tomada tipo C

O tipo C é um dos modelos de tomada padrão europeu e é amplamente utilizado em muitos países do continente. Este tipo de tomada é caracterizado por dois pinos redondos, dispostos simetricamente, e é frequentemente referido como “europlug”. 

O tipo C é particularmente comum em países da Europa Ocidental, Central e do Sul. A voltagem associada a esse tipo de tomada é geralmente de 230 volts, de acordo com o padrão europeu, e a frequência é de 50 hertz.

Este modelo de tomada é frequentemente encontrado em dispositivos eletrônicos portáteis, como carregadores de smartphones, laptops e câmeras. 

Toda segurança é pouca

Quando o assunto é viagem, segurança nunca é demais! O Melhor Seguro está aqui para te ajudar a ficar mais seguro durante uma viagem nacional ou internacional.

Ao escolher o seguro de viagem adequado, você assegura coberturas que vão além dos tradicionais problemas de saúde, incluindo também situações como extravio de bagagem, cancelamento de viagem e despesas odontológicas de emergência.

Ter o respaldo de um seguro de viagem confiável, como o oferecido pelo Melhor Seguro, proporciona a tranquilidade necessária para aproveitar ao máximo sua jornada, sabendo que está amparado em caso de necessidade.

Tomada tipo E

Tomada tipo E

O tipo E é outro modelo de tomada padrão europeu e é caracterizado por dois pinos redondos e um pino de aterramento. 

Este tipo de tomada é comumente utilizado em alguns países europeus, principalmente na França, Bélgica, Polônia, Eslováquia e República Tcheca. 

A presença do pino de aterramento oferece uma camada adicional de segurança, especialmente para aparelhos sensíveis que requerem uma conexão terra.

O design do tipo E permite uma conexão segura e estável, reduzindo o risco de desconexões acidentais. Ele está alinhado com a voltagem padrão da Europa, que é geralmente de 230 volts, e a frequência de 50 hertz.

Dispositivos que utilizam o tipo E são variados e incluem desde eletrodomésticos até equipamentos eletrônicos. 

Tomada tipo F

Tomada tipo F

Esse é composto por dois pinos redondos e um pino de aterramento, formando uma disposição triangular. Essa configuração é projetada para proporcionar uma conexão segura e eficiente, especialmente para aparelhos que exigem aterramento.

O tipo F é comumente encontrado em países como Alemanha, Áustria, Países Baixos, Suécia, Noruega, Finlândia, entre outros. 

Sua presença em muitos países europeus destaca a importância de considerar a diversidade de modelos de tomadas ao planejar viagens ou ao lidar com dispositivos elétricos em diferentes contextos. 

A inclusão do pino de aterramento oferece uma camada adicional de proteção, tornando o tipo F adequado para uma variedade de aparelhos, desde eletrodomésticos até dispositivos eletrônicos sensíveis.

Tomada tipo K

A tomada tipo K é um padrão específico utilizado principalmente na Dinamarca e em algumas áreas da Groenlândia. Esse modelo de tomada é distinto e se diferencia dos padrões mais comuns encontrados em outras partes da Europa.

O tipo K é caracterizado por ter três pinos redondos, dispostos em formato triangular. Dois desses pinos são utilizados para a corrente elétrica, enquanto o terceiro é um pino de aterramento. 

Qual é a tomada padrão UK?

tomada padrão UK

No Reino Unido, o padrão de tomada é conhecido como tipo G. Este modelo de tomada é caracterizado por três pinos retangulares, dispostos em um formato triangular. 

Dois desses pinos são para a corrente elétrica, enquanto o terceiro é um pino de aterramento, proporcionando uma conexão segura e eficiente.

A tomada tipo G é a norma predominante em todo o Reino Unido, incluindo Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte.

Ao viajar para o Reino Unido, é crucial estar ciente desse padrão específico e utilizar adaptadores de tomada se seus dispositivos possuírem plugues diferentes.

O padrão de tomada na Europa mais comum

O padrão de tomada mais comum na Europa é o Tipo C, também conhecido como europlug. Esse é considerado um padrão de tomada universal na União Europeia, facilitando a fabricação e o uso de dispositivos elétricos padronizados.

É importante notar que, embora o Tipo C seja o mais comum, a Europa ainda apresenta uma diversidade de padrões de tomadas, incluindo o Tipo E, Tipo F, entre outros, dependendo do país específico. 

Exceções no padrão de tomada na Europa

Itália

Na Itália, o padrão de tomada é exclusivo e difere do padrão comum encontrado em muitos outros países europeus. 

O modelo de tomada italiano é do tipo L, que possui três pinos redondos em formato paralelo. Dois desses pinos são usados para a corrente elétrica, enquanto o terceiro é um pino de aterramento. 

Suíça

A Suíça possui um padrão de tomada próprio, conhecido como tipo J. Esse modelo é caracterizado por três pinos redondos dispostos em forma de triângulo. 

Dois desses pinos são utilizados para a corrente elétrica, enquanto o terceiro é um pino de aterramento. Esse design é adotado para garantir uma conexão segura e eficiente, seguindo os altos padrões de segurança elétrica.

Reino Unido

No Reino Unido, o padrão de tomada é do Tipo G. Esse modelo é caracterizado por três pinos retangulares, formando um triângulo. Dois desses pinos são usados para a corrente elétrica, enquanto o terceiro é um pino de aterramento. 

Curiosidade

Tipo de tomada americana

Nos Estados Unidos, o padrão de tomada é caracterizado pelo tipo A e tipo B, ambos amplamente adotados em todo o país. 

Esses modelos de tomada são diferentes dos padrões encontrados na Europa e em muitas outras regiões do mundo, refletindo a diversidade de normas elétricas globais.

O tipo A é um padrão de tomada com dois pinos planos e paralelos. Essa simplicidade no design facilita a conexão e a desconexão, tornando-o adequado para diversos usos domésticos.

Já o tipo B é um padrão de tomada mais robusto e é frequentemente utilizado para aparelhos que requerem uma conexão mais segura e potência maior. 

Ele possui dois pinos planos paralelos, semelhantes ao tipo A, mas com um terceiro pino adicional, que é um pino de aterramento. Esse terceiro pino oferece uma camada extra de segurança.

A voltagem padrão nos Estados Unidos é de 120 volts, e a frequência é de 60 hertz. Essa diferença de voltagem em relação ao padrão europeu (230 volts).

Tipo de tomada asiática

A Ásia é um continente diversificado em termos de padrões de tomadas, uma vez que diferentes regiões adotam diferentes sistemas elétricos. Entre os padrões comuns, destacam-se o tipo A, tipo B e tipo C

O Tipo A é caracterizado por dois pinos planos paralelos, sendo utilizado em países como China e Japão.

O Tipo B, que possui dois pinos planos paralelos e um terceiro pino de aterramento, é frequentemente encontrado em países como Filipinas, Tailândia e Vietnã. 

O Tipo C é comum em algumas partes da Ásia, principalmente na Índia. No país, um padrão conhecido como Tipo D, que possui três pinos redondos em formato triangular.

A voltagem na Ásia varia entre os países, mas a maioria opera em 220-240 volts, com uma frequência de 50 hertz. 

Viaje pra cada país com segurança

Independente do país que você for visitar, sempre é bom ter a certeza que tem alguém disposto a te ajudar em uma situação de necessidade. O Melhor Seguro te ajuda a achar o pacote ideal para o seu caso.

Independentemente do país que você for visitar, é sempre benéfico contar com um suporte confiável em situações de necessidade. O seguro de viagem surge como uma ferramenta indispensável para garantir tranquilidade e assistência em diversas circunstâncias durante sua jornada.

Ao escolher o seguro de viagem adequado, você assegura coberturas que vão além dos tradicionais problemas de saúde, incluindo também situações como extravio de bagagem, cancelamento de viagem e despesas odontológicas de emergência.

Ter o respaldo de um seguro de viagem confiável, como o oferecido pelo Melhor Seguro, proporciona a tranquilidade necessária para aproveitar ao máximo sua jornada, sabendo que está amparado em caso de necessidade.

Cada tipo de tomada é importante saber

O que você achou desse texto? É sempre bom ter muitas informações sobre o seu destino, inclusive o tipo de tomada. Fique ligado!

Veja Também: