Machu Picchu é a antiga cidade de uma das primeiras civilizações da américa do sul, os incas! Essa cidade ficou desconhecida por séculos até que em 1911 o explorador Hiram Bingham encontrou as ruínas da cidade e a deixou conhecida mundialmente.

Atualmente Machu Picchu é considerada uma das 7 maravilhas do mundo moderno, por que após a sua descoberta, a antiga cidade é um dos destinos mais visitados por turistas de todo o mundo.

Quando Hiram Bingham descobriu Machu Picchu começou a ter várias pesquisas e estudos arqueológicos que eram utilizados para compreender como que a população que morava na cidade viviam, já que ela possuía um grande avanço em arquitetura e engenharia.

Onde fica Machu Picchu?

O sítio arqueológico de Machu Picchu fica localizado no topo de uma enorme montanha no Vale do Rio Urubamba, a antiga cidade dos incas está apenas 112 km de Cusco, que são cerca de 4 horas de trem até Machu Picchu. 

Cusco é uma bela cidade peruana conhecida por ter sido a antiga capital do império inca e por possuir vestígios arqueológicos do antigo império, essa linda cidade também possui uma linda arquitetura espanhola que é uma herança da sua época de colonização.

Como chegar a Machu Picchu

Para chegar a Machu Picchu é uma tarefa bem difícil mas incrível de muitas maneiras, principalmente para aqueles que amam um contato direto com a natureza, o aeroporto que fica mais próximo a cidade antiga fica em Cusco, esse percurso dura cerca de 4 horas.

Muitos dos turistas preferem dormir em um povoado chamado de Machu Picchu Pueblo que fica localizado bem próximo da cidade perdida dos incas, para evitar longas viagens durante o trajeto.

O percurso total do povoado mais próximo até Machu Picchu dura em torno de 4 horas, demanda tanto tempo para chegar ao sítio arqueológico por que a área é de muito difícil acesso, mas com um pouco de paciência e determinação tudo dá certo.

Seguro Viagem para América do Sul por 7 dias

Quando ir a Machu Picchu

A melhor época do ano para se ir visitar Machu Picchu certamente é durante o inverno, durante essa época do ano o clima é mais seco e é propício para a visita na cidade, são durante esses meses também que ocorre uma alta de turistas na antiga cidade inca.

É mega perigoso ir para Machu Picchu durante o verão já que nessa época do ano o clima fica extremamente chuvoso, com chuvas muito fortes e de longa duração, muitas das vezes Machu Picchu não tem a permissão para receber os turistas.

Clima em Machu Picchu

Machu Picchu é uma cidade majoritariamente chuvosa, principalmente durante os meses do verão! 

Alguns meses no verão como por exemplo dezembro, janeiro e março é a época que mais chove na antiga cidade, e algumas das vezes Machu Picchu precisa ser fechada para a segurança dos turistas.

Já o inverno da antiga cidade inca é quando as chuvas cessam e o clima fica mais frio e propício para conhecer uma das 7 maravilhas do mundo moderno.

Durante o verão Machu Picchu pode chegar a temperaturas de até 11°C, já durante o inverno as temperaturas baixam e ficam em cerca de 7°C.

Conheça uma das 7 maravilhas do mundo moderno com segurança

Viajar com segurança é um dos pilares para que a realização desse sonho dê certo e é por isso que um seguro viagem é um serviço indispensável para quem pensa em viajar para outros países ou até viagens dentro do próprio Brasil.

A Melhor Seguro é a empresa de seguro viagem mais confiável do mercado, ela possui os melhores preços e os melhores pacotes de seguro viagem, oferecendo a você uma viagem com mais segurança.

Acesse o site da Melhor Seguro e conheça o melhor seguro viagem que você e a sua família merecem!

O que fazer em Machu Picchu?

Machu Picchu é o destino ideal para os aventureiros e para os historiadores, existem várias atividades na cidade antiga dos incas do que apenas passear por ela.

Em Machu Picchu você terá a oportunidade de se conectar mais com a natureza fazendo uma deliciosa e instigante trilha que leva até as ruínas da antiga cidade.

Mas a atividade que mais gera interesse entre os visitantes da cidade é conhecer e aprender sobre cada cantinho, sobre a antiga civilização que ali moravam e sobre as teorias que circundam o local. 

Templo das três janelas

Templo das três janelas

O templo das três janelas é um dos pontos mais altos da cidade, é debatido entre os historiadores que pesquisam sobre a cidade, a funcionalidade da construção, e a teoria mais aceita é que a construção era utilizada como lugar de reunião entre o líder inca Pachacutec e alguns integrantes da nobreza do império.

O templo possui uma linda vista para uma das montanhas mais sagradas da religião dos incas, que é o monte Putucusi, além da maravilhosa vista para o monte o templo possui uma vista privilegiada para a praça da cidade.

Portões da cidade

Uma das principais vias de acesso para a antiga cidade dos incas era por meio do portão do sol, chamado na língua antiga dos incas como: Intipunku. 

O portão do sol é uma das primeiras construções que os turistas têm de machu picchu quando chegam pela trilha dos incas.

A porta do sol é uma homenagem feita pelos incas para o sol, que eles consideravam um deus, a arquitetura dessa construção é incrível já que quando o sol começa a surgir durante o solstício de verão na cidade, ele aparece primeiro entre as ruínas da construção da porta do sol. 

Praça principal

Praça principal

A praça principal tinha um importante papel na civilização inca, de acordo com alguns historiadores a praça era utilizada como centro de encontros para a população, para a celebração de rituais e festas.

Ao redor da praça é possível ver as principais construções da cidade como por exemplo o templo das três janelas, o templo principal, o templo da lua e a casa dos sacerdotes. 

A praça era utilizada também para que a população praticasse e estudasse algumas matérias como por exemplo: física, geologia, astronomia, astrologia e entre muitas outras matérias que eles conheciam.

A pedra Intihuatana

A pedra Intihuatana

A pedra Intihuatana é uma das construções mais impressionantes da cidade, feita com uma alta tecnologia e sabedoria que não se sabia que essa antiga civilização já tinha conhecimento, que a construção de um relógio solar.

A pedra era utilizada antigamente para o uso agrícola porque com ela era possível identificar a passagem do templo, ela está localizada em um dos pontos mais altos de Machu Picchu.

Atualmente existe uma prática muito conhecida entre os turistas que visitam a antiga cidade dos incas, que é a de tocar na rocha para obter energias positivas.

Rocha sagrada no Machu Picchu

A rocha sagrada que também é conhecida como Wanka na língua dos nativos é uma enorme rocha de cerca de 3 metros de altura, essa rocha é considerada uma grande obra de arte feita pelos antigos incas.

Está esculpido na rocha o formato do Cerro Pumasillo que era considerado sagrado pelos incas, além dele estar localizado atrás da pedra. 

Acredita-se que era nesta pedra que os incas praticavam alguns rituais religiosos e um desses rituais eram o pachamamas que eram oferendas para a terra.

Palácio da Princesa

Palácio da Princesa

O Palácio da Princesa ou o Palácio da Ñusta eram os aposentos reais para as filhas do rei do império inca, mas esses aposentos eram apenas para as filhas virgens e solteiras do rei.

O acesso ao palácio se dá a uma pequena varanda que está localizada no primeiro andar da construção, o palácio da princesa possui uma ligação com a torre do templo do sol.

Templo do Condor

O Templo do Condor é um templo feito pelos incas em homenagem à maior ave de rapina do mundo, a ave condor! Esta construção está localizada na parte mais baixa da cidade.

Os incas acreditavam que as aves condor eram responsáveis por transportar as almas das pessoas que morreram para o céu, transformando a ave numa ponte entre a terra e o céu.

A construção do templo foi inteiramente construída na anatomia da ave, com pescoço, asas e entre outros, alguns historiadores acreditam que nesse tempo aconteceram algumas oferendas de prisioneiros para a ave.

Área agrícola em Machu Picchu

Área agrícola em Machu Picchu

Machu Picchu possui um grande avanço da área agrícola, eles construíram cerca de 4,9 hectares interiores de terraços agrícolas para as suas plantações.

Os terraços foram construídos na montanha em formato de escadas, a engenhosidade dos terraços são incríveis porque cada um possui seu próprio sistema de drenagem o que impede que tudo desmorone durante épocas de muita chuva.

Os historiadores acreditam que existem muitas outras áreas agrícolas que ainda não foram descobertas.

Fontes rituais

As fontes rituais de Machu Picchu são uma das coisas mais lindas na cidade, ela está localizada entre as duas construções mais importantes da cidade, o palácio real e o templo do sol.

As fontes rituais são compostas por 16 fontes que possuem a função de captação de água, essas construções são uma das mais importantes para os incas.

A água que as fontes captavam por de vários mananciais que possuíam quilómetros de tamanho e captavam as águas da chuva.   

Templo do sol

Templo do sol

O templo do sol é uma das construções mais importantes da civilização inca, dentro dessa construção é possível reconhecer um altar em que a luz do sol entra por meio de janelas que são propositalmente localizadas próximo ao altar.

Neste templo ocorriam as principais adorações aos deuses da religião inca principalmente ao deus do sol e a deusa da terra.

Abaixo da construção existe um espaço que era utilizado como mausoléu para os líderes do povo inca.

Dicas de viagem para Machu Picchu

Para as viagens a Machu Picchu é interessante saber de algumas informações importantes, como por exemplo qual documento levar, a moeda utilizada na economia do país e um dos mais importantes de todos, um seguro viagem.

Documentação necessária

Machu Picchu fica localizado no Peru, esse lindo país faz parte de um dos maiores blocos econômicos das américas que é o Mercosul, e o Brasil também faz desse bloco econômico e é por esse motivo que temos alguns privilégios.

Um desses privilégios é que não precisamos de visto nem de passaporte para entrar no Peru, a única documentação necessária é o RG. 

Moeda usada em Machu Picchu?

A moeda utilizada no Peru é a novo sol, que circula no país desde 1991 substituindo o Inti, atualmente a 1 novo sol peruano equivale a R$1,00 real.

É sempre importante fazer a troca das moedas em um lugar que seja de confiança em ambos países. 

Seguro viagem 

Um seguro viagem é um dos serviços essenciais para viajar em qualquer viagem internacional, principalmente quando a viagem possui alguns riscos, como é o caso de Machu Picchu.

O seguro viagem que vai ser o seu principal auxílio caso algo dê errado na sua viagem, como por exemplo uma mala extraviada, atendimento médico ou até passagens canceladas de última hora.

Quantos dias é o ideal para visitar Machu Picchu?

Você consegue conhecer machu picchu em um dia, mas é interessante que você chegue ao Peru cerca de 3 dias antes da viagem para aproveitar as lindas cidades que há próximo.

E durante os dias que você estiver lá após você conhecer Machu Picchu é interessante que você conheça as cidades ao redor e prove a culinária peruana que é uma das melhores do mundo.

A culinária em Machu Picchu 

O Peru foi eleito 10 vezes como um dos melhores destinos culinários de todo o mundo, ele possui uma culinária diversa, isso é causado pela fusão com a tradicional culinária peruana e com a culinária espanhola.

Um dos pratos mais famosos do Peru é o famoso Ceviche que tem como base vegetais e peixe branco cru.

Onde ficar em Machu Picchu

Você não pode se hospedar em Machu Picchu em si mas sim nas cidades ao redor como por exemplo o povoado Machu Picchu Pueblo e a cidade de custo, aqui está uma lista com algumas hospedagens em Machu Picchu:

  • Machu Picchu Land;
  • Amakonkay Machupicchu;
  • Supertramp Hostel Machupicchu.

Um seguro viagem é indispensável 

Ir a Machu Picchu sem um seguro viagem é um grande erro, porque caso ocorra algo de errado na sua viagem você não terá a quem recorrer.

E é por isso que um seguro viagem é essencial em qualquer viagem, por que é com ele que você conseguirá auxílio caso sua mala seja extraviada como por exemplo.

A Melhor Seguro é a melhor empresa no ramo de seguro viagem do mercado, acesse nosso site e conheça os nossos pacotes e preços.

Machu Picchu lhe espera!

Machu Picchu é um dos melhores destinos para se fazer na América do Sul, conhecer sobre a história do povo inca é encantador e principalmente quando você está aprendendo e vendo as ruínas desse império pessoalmente.

A antiga cidade inca possui uma vista única e que deixa todos os turistas impressionados com ela, viajar para esse destino incrível é uma experiência mágica. 

Veja Também:

Taggeado em: