Enquanto a capital, Amsterdã, é o ponto turístico mais conhecido, a Holanda é um destino que vai muito além da sua capital. 

Este país, conhecido por seus campos de tulipas coloridos e seus tradicionais moinhos de vento, oferece uma variedade impressionante de lugares para explorar, cada um com sua própria beleza singular.

Quem viaja para a Holanda vai descobrir uma riqueza de destinos fascinantes. Das cidades históricas, como Utrecht e Haarlem, aos vilarejos à beira-mar, como Volendam e Marken, a Holanda oferece uma ampla gama de experiências culturais e naturais.

Seja explorando os campos de flores de Keukenhof na primavera ou pedalando ao longo dos diques à beira-mar, a Holanda revela-se como um destino diversificado.

Onde fica Holanda?

A Holanda se localiza no noroeste da Europa e é integrante dos Países Baixos. Apesar de frequentemente ser usada como sinônimo para todo o país, o termo “Holanda” refere-se especificamente a duas províncias, a Holanda do Norte e a Holanda do Sul. 

O país faz fronteira com a Alemanha, Bélgica e tem sua costa voltada para o Mar do Norte. O país possui rede de rios e canais, que contribuem para a imagem distintiva do país, repleto de paisagens planas, moinhos de vento e campos de tulipas.

A capital dos Países Baixos é Amsterdã, uma cidade conhecida por seus canais encantadores, arquitetura histórica e rica vida cultural. 

A localização estratégica da Holanda a tornou historicamente um importante centro comercial e cultural na Europa, contribuindo para a sua diversidade e vitalidade.

Seguro Viagem para Europa por 7 dias:

Como chegar na Holanda?

O Aeroporto de Schiphol, em Amsterdã, é o mais utilizado dos Países Baixos e um hub importante para voos internacionais. No entanto, é possível considerar outros aeroportos no país, como o Aeroporto de Roterdã-Haia.

As principais companhias aéreas que conectam o Brasil à Holanda geralmente oferecem rotas com escalas em seus hubs..

É importante ter todos os documentos de viagem atualizados. Se você for ficar por menos de 90 dias, um visto não chega a ser necessário.

Clima do país

Durante o verão, os viajantes têm a oportunidade de sentir temperaturas médias de 26 graus no auge da estação. Mesmo que haja a possibilidade de chuvas, esse tempo é ideal para realizar tours pelo país.

À medida que o outono se instala, a paisagem transforma-se em um espetáculo de cores, com tons de laranja, marrom e vermelho das folhas que caem das árvores. As temperaturas diminuem, oscilando entre 10 e 16 graus.

Com a chegada do inverno, os holandeses experimentam dias mais curtos e temperaturas mais frias, com médias entre 3 e 5 graus. O cenário muda para o branco da neve que pode cobre todo o país. 

A primavera na Holanda é bem famosa por conta das tulipas. Durante março a maio, os dias mais longos e temperaturas amenas transformam o país. 

Quando visitar a Holanda?

A melhor época para apreciar as belezas naturais da Holanda e desfrutar de atividades ao ar livre é durante a primavera e o verão europeu, que se estendem de março a setembro. Esses meses oferecem condições ideais para explorar as icônicas paisagens do país.

Durante a primavera, especialmente nos meses de abril e maio, os campos de tulipas atingem o auge de sua exuberância, proporcionando um espetáculo de cores deslumbrante. 

Os passeios para contemplar essas flores magníficas são uma experiência imperdível, com uma diversidade de tons que transformam a paisagem.

No verão, as flores e folhas atingem seu máximo de beleza, e os lagos tornam-se destinos populares. Cisnes e patinhos são avistados frequentemente.

Como se locomover

A rede ferroviária abrangente oferece uma maneira rápida e eficaz de viajar entre as cidades, com a Nederlandse Spoorwegen (NS) sendo a principal empresa ferroviária. O

Além dos trens, os ônibus constituem uma escolha para viagens regionais e locais, com redes bem desenvolvidas em muitas cidades. As opções de bilhetes são flexíveis, permitindo a compra a bordo ou em pontos de venda específicos. 

O aluguel de carros é uma opção conveniente para aqueles que buscam maior flexibilidade em suas jornadas, especialmente ao explorar áreas mais remotas. 

Nas cidades maiores, como Amsterdã e Roterdã, sistemas de bonde e metrô oferecem excelente mobilidade dentro dos centros urbanos. 

Não fique desamparado

No Melhor Seguro, oferecemos uma gama abrangente de planos, desde seguro de vida e saúde até seguro residencial e automotivo. 

Trabalhamos em parceria com as principais seguradoras do mercado, garantindo que você tenha acesso a opções confiáveis e de alta qualidade.

Não permita que as surpresas não tão boas comprometam sua viagem. Descubra o Melhor Seguro e proteja as coisas mais importantes para você, durante a viagem. 

Comidas típicas da região

Entre as iguarias mais características está o Stroopwafel. Esses biscoitos finos de waffle são recheados com um xarope de caramelo.

Outra delícia que marca presença nas mesas holandesas é o Haring. Trata-se de arenque cru, muitas vezes servido com cebola e picles. Consumido de maneira tradicional, segurando o peixe pela cauda e dando uma mordida.

O Poffertjes é uma opção irresistível para os amantes de panquecas. Elas são geralmente servidas com manteiga e açúcar de confeiteiro.

Não se pode esquecer do Kaas (queijo), uma parte integral da culinária holandesa. Com uma variedade impressionante, os queijos holandeses, como Gouda e Edam, são conhecidos pelo mundo todo.

O Erwtensoep é uma sopa de ervilhas, que é mais feitas nos períodos mais gelados. Geralmente é feito com ervilhas, carne de porco defumada e salsichas.

Cidades para conhecer

Existem várias cidades interessantes para se conhecer no território holândes:

Haia

O que fazer na Holanda

A Haia é a terceira maior da Holanda e desempenha um papel central como sede do governo e do poder judiciário do país. Lá fica o complexo de edifícios históricos que abrigam o Parlamento e o Gabinete do Primeiro-Ministro.

O Mauritshuis, um museu de arte clássica, exibe obras-primas de artistas renomados como Vermeer e Rembrandt. Os extensos jardins do Palácio Noordeinde, residência oficial do rei, oferecem um refúgio tranquilo no coração da cidade.

A Haia fica na costa do Mar do Norte, e possui a praia de Scheveningen, um destino popular para moradores e turistas, facilmente acessível a partir do centro da cidade.

Amsterdã

O que fazer na Holanda

Conhecida por sua abordagem progressista e arquitetura diferenciada, Amsterdã é um destino que equilibra perfeitamente a modernidade com a tradição.

Os canais de Amsterdã, que atravessam a cidade, são uma marca registrada. A arquitetura das casas às margens dos canais, com suas fachadas inclinadas, adiciona um toque diferente na paisagem local.

Os museus de Amsterdã são tesouros culturais imperdíveis. O Rijksmuseum tem um acervo de obras que retratam a história holandesa, incluindo a famosa “Ronda Noturna” de Rembrandt.

De Leidseplein, repleto de restaurantes e vida noturna, ao Bairro da Luz Vermelha, que incorpora a famosa tolerância holandesa, a cidade oferece uma diversidade de experiências.

Utrecht

O que fazer na Holanda

O centro histórico de Utrecht é dominado pela imponente Torre Dom, que oferece vistas deslumbrantes da cidade. Os canais serpenteiam por ruas de paralelepípedos, proporcionando um cenário romântico para passeios a pé ou de barco. 

Os museus de Utrecht, como o Centraal Museum, exibem uma rica coleção de arte e história, incluindo obras de mestres holandeses e artefatos culturais fascinantes. 

A cidade também abriga a Rietveld Schröder House, uma obra-prima do movimento De Stijl, que é reconhecida como Patrimônio Mundial da UNESCO.

A vida noturna de Utrecht é animada, com uma variedade de bares e pubs espalhados pela cidade, proporcionando aos moradores e visitantes uma experiência bem agradável e acolhedora.

Delft

O coração da cidade é marcado pela Praça do Mercado, onde a imponente Prefeitura e a Igreja Nova de Delft (Nieuwe Kerk) se erguem como testemunhas do passado da cidade. 

Delft é famosa por sua conexão com o mestre pintor Johannes Vermeer. O Museu Prinsenhof, localizado em um antigo mosteiro, exibe não apenas obras de Vermeer, mas também elementos históricos relacionados à família real e à Revolta Holandesa.

A produção de cerâmica azul e branca, conhecida como Delftware, é uma tradição que remonta ao século XVII. Hoje, os visitantes podem explorar as lojas locais e as fábricas de cerâmica, onde são criadas peças únicas e artesanais.

Os canais de Delft, embora menos movimentados que os de outras cidades holandesas, contribuem para a atmosfera tranquila, onde você pode fazer passeios de barco pelos canais.

Haarlem

O que fazer na Holanda

Conhecida como “Little Amsterdam” devido à sua proximidade geográfica e semelhanças, Haarlem oferece uma experiência bem parecida com a capital.

O centro histórico da cidade é o lar da Grote Kerk (Grande Igreja), uma catedral gótica que se destaca no horizonte da cidade. A praça central, Grote Markt, é cercada por cafés ao ar livre e o icônico Molen de Adriaan, um moinho de vento.

Haarlem é conhecida por seu legado artístico, e o Frans Hals Museum é uma atração imperdível para os amantes da arte. O museu abriga uma coleção significativa de obras do pintor Frans Hals, bem como outras peças de artistas holandeses do século XVII.

Volendam

O que fazer na Holanda

Conhecida por suas casas de madeira tradicionais e trajes folclóricos, Volendam é um lugar onde os visitantes podem conhecer mais sobre a cultura e o modo de vida holandeses.

A experiência de Volendam é enriquecida pelo Museu Volendam, que retrata a história da vila e destaca a vida dos pescadores e suas famílias ao longo dos anos. 

Os trajes folclóricos que caracterizam Volendam são uma atração única. Visitantes podem vestir-se com esses trajes tradicionais em estúdios fotográficos locais.

Rotterdam

O que fazer na Holanda

Roterdã é a segunda maior cidade dos Países Baixos. Diferentemente de muitas cidades históricas na Holanda, Roterdã foi praticamente reconstruída após os bombardeios da Segunda Guerra Mundial, resultando em uma paisagem urbana mais atual.

Vários prédios, como a Torre Euromast, oferecem vistas da cidade e do Porto de Roterdã, um dos maiores do mundo. 

A Markthal, um mercado coberto, é um local popular para explorar produtos locais e a gastronomia. 

Gouda

Gouda, uma cidade encantadora situada nos Países Baixos, é conhecida mundialmente por seu famoso queijo, mas oferece muito mais do que apenas laticínios. 

A Igreja de São João (Sint-Janskerk) é outra atração significativa em Gouda, apresentando vitrais impressionantes que contam histórias bíblicas e eventos históricos. 

Além do queijo, Gouda é conhecida por seus xaropes de xarope, os famosos stroopwafels. Esses deliciosos biscoitos recheados com xarope são uma especialidade local e podem ser apreciados em várias padarias e mercados.

Pontos turísticos imperdíveis

Museu Van Gogh

O Museu Van Gogh é dedicado ao genial pintor holandês Vincent van Gogh. Fundado em 1973, o museu é uma homenagem inspiradora ao legado do artista.

O museu guarda a maior compilação global de obras de Van Gogh, contendo mais de 200 pinturas, 500 desenhos e mais de 750 cartas redigidas pelo artista.

As obras expostas cobrem todo o período da carreira de Van Gogh, desde seus primeiros trabalhos na Holanda até suas obras-primas inconfundíveis, como “Noite Estrelada” e “Quarto em Arles”.

Além das pinturas, o museu também abriga uma extensa coleção de objetos pessoais de Van Gogh, proporcionando uma visão mais íntima do artista e de seu processo criativo.

Vila dos Moinhos: Zaanse Schans.

O que fazer na Holanda

Esses moinhos de madeira, alguns dos quais ainda funcionam hoje em dia, representam a herança industrial da região e são um espetáculo fotográfico inesquecível.

Além dos moinhos, Zaanse Schans é o lar de casas de madeira verdes e moinhos de óleo que destacam a arquitetura típica da região. 

Visitantes podem explorar as casas-museus, como a Casa de Peter, para ter uma ideia de como era a vida diária na Holanda do século XVIII.

Casas de Cubos

Projetadas pelo arquiteto Piet Blom na década de 1970, essas casas são caracterizadas por sua forma distintiva de cubo, equilibrada em uma extremidade diagonal, parecendo que estão prestes a tombar. 

Cada casa representa um conjunto de cubos empilhados e inclinados, criando uma estrutura surrealista e uma visão futurista. 

Uma das Casas de Cubos em Rotterdam é aberta ao público como uma atração turística, permitindo que os visitantes experimentem a peculiaridade da vida dentro dessas estruturas.

Conheça a Holanda estando protegido

Descubra a Holanda com tranquilidade! Explore os campos de tulipas, os canais de Amsterdã e as vilas holandesas, sabendo que o Melhor Seguro está protegendo cada momento da sua viagem.

Nossa equipe dedicada está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, pronta para auxiliá-lo em qualquer imprevisto. 

A Holanda te espera

O que achou do texto? Conte com o Melhor Seguro para tornar sua viagem à Holanda uma experiência inesquecível, garantindo que cada momento seja vivido com segurança e proteção.

Veja Também:

Taggeado em: