A Europa, conhecida por sua rica história, diversidade cultural e paisagens deslumbrantes, abriga alguns dos destinos turísticos mais procurados em todo o mundo. 

Dentre os destinos europeus que se destacam, a França é uma das jóias da coroa do turismo global. O país atrai os visitantes com uma combinação única de elegância, gastronomia requintada, arte imortalizada e paisagens incríveis.

Paris, a capital francesa, é mundialmente famosa por sua atmosfera romântica e ícones como a Torre Eiffel, o Museu do Louvre e a Catedral de Notre-Dame.

Além da capital, a França oferece uma variedade de experiências, desde as vinícolas na região de Bordeaux até os campos de lavanda na Provence, passando pelos Alpes franceses, que proporcionam cenários de tirar o fôlego tanto no inverno quanto no verão.

Onde fica a França? 

A França se localiza no oeste da Europa e abrange aproximadamente 551.695 quilômetros quadrados. 

A paisagem francesa é marcada por montanhas, sendo os Alpes uma fronteira natural com a Itália e a Suíça. Essa região é famosa pelos seus resorts de esqui de renome e o Mont Blanc, a parte com mais altitude Alpes e da Europa Ocidental.

A costa francesa fica ao longo do Oceano Atlântico, Canal da Mancha, Mar do Norte e Mar Mediterrâneo apresentam uma diversidade de cenários litorâneos. De praias a falésias, as áreas costeiras oferecem uma gama variada de paisagens para os turistas explorarem.

Além do território continental, a França também inclui ilhas no Atlântico e no Mediterrâneo. A Córsega, uma região administrativa francesa no Mediterrâneo, destaca-se como a quarta maior ilha do Mar Mediterrâneo, contribuindo para a diversidade única do país.

Como chegar na França?

A forma mais comum e rápida de chegar à França é de avião. Para aqueles que saem do Brasil, há a conveniência de voos diretos disponíveis a partir do  Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília com companhias aéreas renomadas como Air France e TAM.

O ponto de entrada mais frequente é o Aeroporto Charles de Gaulle, localizado em Paris, uma das cidades mais icônicas e conhecidas do continente. Esse aeroporto, junto com o Aeroporto de Orly, também em Paris, oferece conexões eficientes para diversos destinos.

Seguro viagem para Europa durante 7 dias:

Quando ir à França?

A escolha do melhor momento para visitar a França depende dos seus gostos e preferências. 

Se você aprecia dias frios e deseja vivenciar o autêntico clima francês de inverno, o período entre novembro e março é considerado ideal, marcando a baixa temporada

Durante esse intervalo, os preços tendem a ser mais acessíveis, e as cidades recebem menos turistas, o que resulta em uma maior oferta de hotéis.

Por outro lado, se o frio não é a sua estação do ano favorita, a alta temporada, especialmente durante o verão, pode ser mais apropriada. Durante essa época, que vai de junho a agosto, a França se torna um dos destinos mais procurados por turistas.

É importante pontuar que, quando chega a alta temporada, as cidades estão mais movimentadas, proporcionando passeios mais animados. 

Formas de locomoção

Uma das formas mais eficazes de se locomover é por meio das ferrovias. Os trens de alta velocidade, como o TGV, conectam as principais cidades, proporcionando viagens rápidas e suaves. 

Nas grandes cidades francesas, como Paris, Lyon e Marselha, os sistemas de metrô e ônibus, que facilitam o deslocamento dentro da cidade e seus arredores. 

Para aqueles que desejam explorar regiões mais remotas, vilarejos encantadores e paisagens rurais, alugar um carro é uma opção popular. 

Gastronomia

A gastronomia francesa é mundialmente reconhecida como uma das mais refinadas e influentes, sendo considerada um verdadeiro patrimônio cultural. 

A tradição culinária francesa é rica em pratos como o Coq au Vin, o Ratatouille, a Bouillabaisse, o Cassoulet, entre outros. 

A influência das diferentes regiões do país é evidente na diversidade de pratos e ingredientes utilizados. Cada região contribui com sua própria abordagem única à culinária, enriquecendo a experiência gastronômica global.

A excelência na confeitaria também é uma característica marcante da cozinha francesa, com croissants, éclairs, macarons e outros doces deliciosos que encantam os paladares ao redor do mundo.

Além dos restaurantes renomados, os bistrôs locais oferecem uma oportunidade autêntica de saborear a cozinha tradicional em um ambiente acolhedor. 

É sempre bom estar segurado

Ninguém quer ter dores de cabeça em uma viagem, concorda? Afinal, uma verdadeira experiência de viagem é aquela em que podemos nos entregar completamente ao prazer, sem preocupações. 

É por isso que garantir o seu seguro viagem com uma das melhores do mercado é essencial, e a Melhor Seguro está aqui para proporcionar a você toda a assistência necessária, assegurando uma jornada repleta de segurança e conforto.

Cidades para conhecer

Tanto nas proximidades quanto nas regiões mais afastadas da cidade-luz, o país oferece uma ampla variedade de paisagens e pontos turísticos envolventes. 

Paris

O que fazer na França

Paris, a capital da França, conhecida como “A Cidade Luz”, Paris é um dos destinos mais românticos e visitados do mundo, atraindo turistas com seus monumentos, museus renomados e gastronomia excepcional.

A Torre Eiffel, símbolo indiscutível de Paris, domina o horizonte da cidade, oferecendo vistas da cidade quase toda, tanto de dia quanto de noite. 

Os Campos Elísios, uma das avenidas mais famosas do mundo, levam os visitantes até o imponente Arco do Triunfo, testemunha de eventos históricos significativos.

Os museus parisienses possuem artigos do mundo inteiro. No Louvre existem algumaas das mais famosas obras de arte, incluindo a Mona Lisa, enquanto o Museu de Orsaytem uma coleção de arte impressionista. 

A Catedral de Notre-Dame, com sua arquitetura gótica imponente, é outra joia arquitetônica que atrai visitantes de todo o mundo.

Cafés charmosos, pâtisseries encantadoras e brasseries tradicionais oferecem uma variedade de sabores, desde croissants frescos até pratos gourmet. 

Os jardins parisienses, como o Jardim de Luxemburgo e os Jardins das Tulherias, proporcionam espaços verdes serenos para relaxar e apreciar a beleza da cidade. 

Paris é reconhecida mundialmente não apenas por seus monumentos históricos, mas também por suas galerias comerciais. Um destaque é a Galeries Lafayette, que fica na Boulevard Haussmann, cuja arquitetura em si já a torna um ponto turístico.

Nice

O que fazer na França

Nice, situada na deslumbrante Costa Azul francesa, é banhada pelo Mar Mediterrâneo.

A renomada Promenade des Anglais, um passeio à beira-mar, é um dos locais mais célebres de Nice.

O Vieux Nice, ou Cidade Velha, é um labirinto de ruas estreitas e coloridas, repleto de boutiques charmosas, restaurantes acolhedores e mercados vibrantes. 

A Place Rossetti é o coração desta área, com a Catedral de Sainte-Réparate e uma variedade de sorveterias famosas.

A Colina do Castelo (Colline du Château), embora as ruínas do antigo castelo não estejam mais presentes, o local se tornou um ponto de encontro popular para os moradores e visitantes.

Nice é conhecida por sua rica cena artística, e o Museu de Belas Artes Jules Chéret e o Museu Matisse são destinos imperdíveis para os amantes da arte.

Lyon

O que fazer na França

Lyon está em 3º lugar dentre as maiores cidades da França. Conhecida como a “Capital da Gastronomia”, Lyon oferece uma experiência culinária única, junto a história e cultura.

O centro histórico de Lyon, designado como Patrimônio Mundial da UNESCO, constitui um conjunto de ruas e praças antigas.

 A Place Bellecour, uma das maiores praças da Europa, é um ponto de referência central que conecta os bairros antigos e modernos da cidade. 

A Catedral de Saint-Jean e o Museu Gadagne, instalado em um edifício renascentista, são destinos imperdíveis para quem quer conhecer a história de Lyon.

A culinária lionesa é uma atração por si só. Bouchons, pequenos restaurantes tradicionais, servem pratos autênticos, como a andouillette (salsicha de tripa de porco) e a quenelle (bolinho de massa de peixe). 

Lyon também é conhecida por seus eventos culturais, incluindo a Festa das Luzes (Fête des Lumières), um espetáculo de luzes que ilumina a cidade em dezembro.

Marselha

O que fazer na França

Com mais de 2.600 anos de história, a cidade se mostra como mistura única de influências culturais. O Vieux-Port, o antigo porto de Marselha, é onde barcos de pesca coloridos ficam ao lado de cafés e mercados.

A Basílica de Notre-Dame de la Garde, situada no ponto mais alto da cidade, oferece vistas da cidade e do mar. 

As ruas estreitas do bairro Le Panier, com suas fachadas coloridas, representam a Marselha autêntica, repleta de lojas de artesanato, galerias de arte e cafés acolhedores.

A modernidade de Marselha é representada pelo impressionante Museu de Civilizações da Europa e do Mediterrâneo (MuCEM), um símbolo que destaca a importância histórica e cultural da região.

Aix-en-Provence

Fundada nos tempos romanos, Aix-en-Provence preserva seu charme histórico enquanto oferece aos visitantes uma experiência única.

O coração da cidade do sul da França é a Cours Mirabeau, uma avenida arborizada ladeada por elegantes edifícios dos séculos XVII e XVIII.A Place de l’Hôtel de Ville, com seus cafés, é outra joia do centro histórico.

A Catedral de Saint-Sauveur, construída sobre uma antiga basílica romana, apresenta uma mistura de estilos arquitetônicos ao longo dos séculos. 

Aix-en-Provence também é famosa por suas fontes termais, e a Fonte de La Rotonde, no final da Cours Mirabeau.

Principais atrações turísticas

Torre Eiffel

O que fazer na França

Construída por Gustave Eiffel para a Exposição Universal de 1889, para comemorar o centenário da Revolução Francesa, a torre tornou-se uma obra-prima da engenharia.

Situada no Champ de Mars, à beira do rio Sena, a Torre Eiffel se evidencia como uma grande estrutura de ferro, atingindo a altura de 324 metros.

A torre é dividida em três níveis:o primeiro e segundo andares abrigam restaurantes e lojas e o terceiro andar oferece uma visão panorâmica espetacular de Paris.

Museu do Louvre

O que fazer na França

O edifício do Louvre tem uma história fascinante que remonta ao século XII, quando era uma fortaleza real. No entanto, sua transformação em um museu começou durante a Revolução Francesa.

A pirâmide de vidro no pátio central, projetada pelo arquiteto I. M. Pei e inaugurada em 1989. 

O Louvre é enorme, com mais de 60.000 metros quadrados de espaço de exibição. Entre as obras mais célebres estão a Mona Lisa de Leonardo da Vinci, a Vênus de Milo, a Liberdade Guiando o Povo de Eugène Delacroix e a Vitória de Samotrácia.

Château de Chenonceau

O que fazer na França

Conhecido como o “Castelo das Damas”, Chenonceau é uma obra-prima arquitetônica que se destaca pela sua localização, erguido sobre o rio Cher.

O castelo é caracterizado por suas elegantes torres, a ponte que atravessa o rio e os belos jardins que o cercam. Uma das características mais distintivas é a Galeria das Damas, uma passagem construída sobre as águas do rio, com grandes janelas.

Hoje, o Château de Chenonceau é um dos destinos mais visitados do vale do Loire, listado como Patrimônio Mundial da UNESCO. 

Arco do Triunfo

Construído para homenagear as vitórias militares do exército francês, especialmente durante as Guerras Napoleônicas, o arco se tornou um símbolo da história francesa.

O Arco do Triunfo está localizado na Place Charles de Gaulle, uma grande praça de onde saem várias avenidas importantes, incluindo a famosa Champs-Élysées. 

Castelo de Versalhes

O que fazer na França

A construção do palácio começou em 1661, sob a supervisão do rei Luís XIV, o Rei Sol, que desejava transformar a modesta cabana de caça de seu pai em um esplêndido palácio que refletisse sua grandiosidade. 

O Salão dos Espelhos, um salão de baile ricamente decorado, é uma das salas mais famosas do palácio, conhecida por suas enormes janelas de espelhos e lustres deslumbrantes.

Hoje, o Palácio de Versalhes é um Patrimônio Mundial da UNESCO e um dos pontos mais populares da França.

Região Champagne

O que fazer na França

A região de Champagne, situada no nordeste da França, é um destino famoso pela produção de seu vinho espumante homônimo, o champanhe. 

As vinícolas da região cultivam uvas como Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier para criar a bebida efervescente que se tornou um símbolo de celebração.

Ir à França com segurança

Para garantir uma jornada tranquila no território francês, contratar o Melhor Seguro é essencial. 

Este investimento não apenas proporciona tranquilidade, mas também oferece uma série de benefícios que asseguram uma viagem segura e sem preocupações.

O Melhor Seguro cobre despesas relacionadas à perda, garantindo que você tenha recursos para adquirir itens essenciais enquanto sua bagagem é localizada e muito mais.

Vamos à França? 

O que vocÊ achou do texto? Com toda essa informação sobre esse país europeu, tenho certeza que a vontade de visitá-lo aumentou. Não perca tempo!!

Veja Também:

Taggeado em: