Viajar normalmente é algo que demanda uma reserva de dinheiro, mas há algumas alternativas mais acessíveis para quem quer se aventurar, como o mochilão. Nesse caso, as aventuras se intensificam ainda mais.

Porém, como fazer mochilão da melhor forma possível para aproveitar a viagem sem esquecer do seu bem-estar? Normalmente esse tipo de viagem é mais flexível, mas ainda há alguns cuidados que você deve ter.

Neste conteúdo, você vai descobrir como viajar de mochilão para descobrir lugares incríveis ao redor do mundo, de forma mais econômica e prática. Confira as melhores dicas!

O que é fazer mochilão?

Fazer mochilão é uma forma de viajar que envolve conhecer diferentes destinos com uma mochila nas costas, geralmente com um orçamento mais enxuto e uma vontade saudável de se aventurar por aí.

Nessa modalidade de viagem, em vez de se hospedar em hotéis luxuosos, viajar de mochilão envolve acomodações mais econômicas, como albergues, campings ou até mesmo camping ao ar livre. 

Além disso, o mochilão permite que o viajante descubra lugares não tão turísticos, saindo um pouco dos cartões postais de cada lugar, e experimente a autenticidade de cada destino.

Qual é a média de valor para fazer um mochilão?

O custo de um mochilão pode variar dependendo do destino, da duração da viagem, do seu estilo de vida, das suas necessidades e preferências. 

Na Europa

Quer fazer um mochilão na Europa? Por lá, o valor médio diário pode variar entre 40 a 80 euros, incluindo acomodação, alimentação, transporte e atrações turísticas. 

A Europa é um dos lugares mais buscados por quem deseja viajar de mochilão, devido à flexibilidade que esse modelo de viagem proporciona.

Na América do Sul

Já na América do Sul, o valor médio diário de um mochilão pode variar entre 100 e 300 reais, dependendo do país e das atividades realizadas.

Normalmente essa opção é bem mais acessível do que mochilar pelos países da Europa e, nos países da América Latina, você ainda pode praticar o espanhol e aprender mais sobre a cultura dos vizinhos do Brasil.

É importante ressaltar que esses valores são apenas uma estimativa e podem variar de acordo com algumas escolhas individuais, como acomodação mais luxuosa ou refeições em restaurantes renomados.

Quer vivenciar o seu mochilão de forma segura?

É essencial contar com um seguro que proporciona mais tranquilidade durante sua viagem.

Escolha o Melhor Seguro.

Por que é bom fazer mochilão?

Viajar de mochilão oferece diversas vantagens, além de uma experiência única para toda a sua vida. Aqui estão alguns dos principais motivos para você mochilar:

  • mais liberdade para ficar nos destinos que quiser;
  • flexibilidade para fazer seu próprio roteiro e escolher como gastar seu tempo da forma que preferir;
  • oportunidade de conhecer culturas locais e interagir com pessoas de diferentes comunidades de forma mais próxima;
  • experienciar a autenticidade de cada lugar, indo para além dos pontos turísticos de cada região;
  • economizar mais em acomodações, refeições e transporte;
  • ampliar sua jornada de autoconhecimento;
  • possibilidade de fazer amizades duradouras ao redor do mundo.

Tipos de mochilão

Apesar de muitas pessoas pensarem que só há um tipo de mochilão e que é só colocar uma grande mochila nas costas, há dois tipos diferentes dessa modalidade de viagem. 

Confira, a seguir, os principais tipos de mochilão que existem para entender qual mais combina com seus objetivos e suas necessidades.

  1. Mochilão de curto prazo nas férias

Se você não pode passar tanto tempo na sua viagem e tem apenas um tempo limitado de recesso ou férias, aqui estão algumas dicas para aproveitar o mochilão:

  • Fazer um planejamento antecipado: pesquise os destinos que deseja conhecer, verifique os deslocamentos e as acomodações, e escolha as atrações que não podem ficar de fora do seu roteiro;
  • Foque nos destaques de cada lugar: faça uma lista dos principais lugares para otimizar seu itinerário, de acordo com os dias que você pode ficar, e aproveitar ao máximo a sua viagem;
  • Tenha flexibilidade: saiba que qualquer viagem pode ter algumas surpresas inesperadas, então tenha sempre um plano B para caso algo não saia como você planejou antes.
  1. Período sabático

Já se você tem tempo de sobra para explorar outros lugares, fazendo uma pausa mais ampla na sua carreira profissional ou acadêmica, o mochilão de período sabático é uma ótima escolha.

Veja o que você pode fazer para aproveitar bem esse tipo de mochilão:

  • economize dinheiro suficiente para reduzir as preocupações durante a viagem;
  • libere espaço na sua mochila e leve apenas o que for necessário;
  • considere buscar opções de trabalho freelancer ou atividades sazonais em lugares turísticos para ajudar a financiar sua estadia;
  • veja formas de fazer trabalhos voluntários na viagem para interagir com as pessoas e contribuir com as causas importantes dos locais, ampliando sua experiência.
Mochilão

Como se organizar para fazer mochilão?

Provavelmente você já sabe que mochilar é uma modalidade de viagem ideal para quem não tem medo de se aventurar, não é mesmo? 

Apesar de ser mais flexível, prática e econômica, é preciso ter uma certa organização para ter uma boa experiência.

Confira, a seguir, como garantir um mochilão bem-sucedido.

Defina seu roteiro

A parte do planejamento envolve a decisão de quais países e cidades você deseja (e consegue) visitar. Então vale pesquisar mais sobre alguns fatores, entre eles:

  • atrações turísticas;
  • climas;
  • melhores períodos para visitar;
  • custo de vida;
  • duração recomendada de cada destino.

Saber essas informações pode ajudar você a definir seu itinerário com mais facilidade e eficácia.

Estabeleça uma duração e o seu orçamento para a viagem

Quanto tempo você vai ter disponível para fazer a viagem? Além de estabelecer um período para a sua estadia, é interessante também verificar sua reserva de dinheiro. 

Além das economias que você reservou para o mochilão, quanto dinheiro está disposto a gastar?

Entender esses dois pontos é essencial para orientar seu planejamento e suas escolhas antes de partir para os destinos escolhidos.

Reserve acomodações

Por mais que o mochilão facilite a descoberta de diferentes lugares, é importante pesquisar e reservar acomodações com antecedência. Isso ajuda você a conhecer quais são as possibilidades e a garantir preços melhores.

Pesquise sobre os transportes disponíveis

Muitos mochileiros gostam de caminhar a pé para conhecer as cidades de forma mais aprofundada, mas vale a pena verificar quais são os meios de transporte disponíveis em cada destino.

Organize seus documentos

Antes de partir para o mochilão, você precisa organizar os seguintes documentos:

  • passaporte válido;
  • visto para os destinos que solicitam esse documento;
  • seguro viagem para ter mais tranquilidade na viagem;
  • carteira de vacinação atualizada com as vacinas necessárias para cada local.

Escolha uma mochila de qualidade

Quem tem o costume de mochilar, já sabe que a mochila se torna praticamente uma casa ambulante. Então é fundamental escolher uma mochila resistente, que aguente sol e chuva, que seja confortável e tenha um bom suporte para as costas.

É essencial reunir itens básicos de cuidado diário, como higiene pessoal e medicamentos, e acessórios de conforto, como calçados macios e roupas adequadas para o clima de cada destino.

Atualize seu cartão de vacinas

Algumas das vacinas mais exigidas em boa parte dos destinos, são: 

  • vacina contra febre amarela;
  • vacinas contra tétano, hepatite A e B, difteria, sarampo, caxumba e rubéola.

Outra dica para garantir mais segurança é contar com um bom seguro viagem.

Faça o seu mochilão de forma mais tranquila e segura.

O Melhor Seguro oferece diversos benefícios de forma prática e acessível para ajudar você a ter uma experiência inesquecível durante o mochilão.

Escolha o Melhor Seguro.

E aí, partiu planejar o melhor mochilão da sua vida? Esperamos que nossas dicas te ajudem a ter uma ótima viagem!

Veja Também: